Dia Internacional da Mulher – 5 autoras para você conhecer e ler nesse dia!~

A data do dia 08 de março comemora o Dia Internacional da Mulher. Uma data carregada de símbolos, significados e lutas.

Outro dia fiz um post sobre a realidade do mercado editorial e o quanto consumimos poucos livros e autoras mulheres. Por isso nesse dia especial (não que precisemos apenas de um dia comemorativo para lembrar), trago aqui 5 autoras que estão na minha estante e nas minhas listas de leitura. A maioria delas são autoras que ainda não li ou que estou lendo atualmente.

Han Kang 

Escritora sul coreana conhecida por várias de suas obras, dentre as quais podemos citar: The Vegetarian (2007), Breath Fighting (2010), Greek Lessons (2011), Human Acts (2014) and The White Book (2016).

Ganhadora de diversos prêmios, Han Kang tornou-se mundialmente conhecida após a publicação em inglês do seu romance “A vegetariana” (채식주의자) em 2007, pelo qual conquistou o Man Booker Prize (Prêmio Booker) – um dos maiores prêmios literários atribuído anualmente no Reino Unido – em 2016.

É possível encontrar publicados no Brasil, com tradução para o português de 3 obras da autora, além do renomado ‘A Vegetariana’, temos ainda ‘O Livro Branco’ e ‘Atos Humamos’.

Eu ainda não li por inteiro nenhum livro da autora, mas iniciei a leitura de A Vegetariana, tendo concluído aproximadamente 65% da leitura do livro. Com alguns acontecimentos, acabei deixando a leitura um pouco de lado, mas a verdade é que desde o começo li esse livro a passos bem lentos. A Vegetariana é um livro intenso e extremamente direto e gráfico. É um pouco difícil digerir ele por inteiro de forma simples. A escrita de Han Kang é forte e detalhista, e por que não dizer, bastante impactante.

Margaret Eleanor Atwood

A escritora canadense é romancista, poetisa, contista, ensaísta e crítica literária internacionalmente reconhecida, tendo recebido inúmeros prêmios literários importantes.

A escritora, que já venceu o Man Booker Prize em 2000 pelo livro O Assassino Cego e em 2019 com The Testaments, é autora do famoso livro O Conto de Aia que foi adaptado e obteve muito sucesso como série televisiva.

Chimamanda Ngozi Adichie

Escritora nigeriana e feminista, é reconhecida como uma das mais importantes jovens autoras anglófonas de sucesso, atraindo uma nova geração de leitores de literatura africana.

Seu primeiro romance, Purple Hibiscus (Brasil: Hibisco roxo) foi publicado em 2003 e altamente aclamado pela crítica.

Em abril de 2014, ela foi nomeada entre um dos 39 escritores mais importantes, com idade inferior a 40 anos, no projeto Festival Hay e Rainbow Book Club.

Diversas obras da autora estão na minha lista de leitura, e recentemente concluí a leitura do livro Zikora, o qual está de graça para os assinantes do kindle unlimited, que você consegue acessar AQUI (infelizmente o livro só tem versão em inglês por enquanto). O livro é bastante marcante e eu recomendo muito a leitura!

Amora Moira

Nascida e criada em Campinas, é uma transexual, feminista, escritora e professora de literatura.

Defendeu doutorado em teoria literária pela Universidade Estadual de Campinas no ano de 2018, e, com isso, se tornou a primeira mulher trans a obter o título pela referida universidade usando seu nome social.

Pesquisando títulos para ler em vista da tag do desafio de leitura #LeiaRepresentatividade, me deparei com o livro dela: E se eu fosse puta, lançado em 2016, que entrou para a minha lista de leitura.

Adriana Falcão

Adriana Franco de Abreu Falcão é uma roteirista e escritora brasileira. Atualmente, roteirista da TV Globo, escreveu para séries como A Comédia da Vida Privada e A Grande Família, além de roteiros para cinema e a série Mulher.

Seu primeiro romance foi A Máquina (1999), tendo a autora diversos livros publicados que rodeiam diferentes gêneros indo de contos até livro infantojuvenil.

Conheci a autora quando tive a oportunidade de ler seu livro Luna Clara & Apolo Onze (2002), que é maravilhoso inclusive. Você encontra a resenha do livro aqui no BLOG! Eu super recomendo a leitura dele! Um livro classificado como infantojuvenil, mas que fala muito com pessoas de qualquer idade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s