[Diário] Explicações e desabafos~ (ou como começamos o ano andando pra trás)

lerlivorsruins

Olá, kika here again!

Primeiramente, devo minhas desculpas aos leitores do blog. Se é que alguém ainda acompanha esse lugar depois desse meu sumiço. Mas, tive problemas com minha senha do wordpress e para recuperá-la tive que executar uma verdadeira força tarefa, que envolveu recuperar as senhas de dois e-mails para aí sim recuperar a senha do blog. Mas enfim. Estou de volta ao blog, ainda sem trazer resenha nova, mesmo que tenham várias que preciso trazer ao blog concernentes as minhas leituras do ano passado!

Sei que tenho sido negligente quanto aos posts. Normalmente, um dos motivos que mais me desmotiva a escrever é quando eu leio um livro do qual eu realmente não gostei. Podem ser diversos os motivos que me levam a desgostar de uma leitura, mas independente de qual seja esse motivo, é sempre difícil pra mim resenhar um livro que não curti. E, infelizmente para mim, li muitos livros que não bateram com meu santo nesse final de ano.

Acredito eu que um dos motivos para isso foi o fato de que eu tentei explorar diversos tipos de leituras diferentes do que estou acostumada a ler. Claro que a diversidade é sempre ideal, por isso mesmo saí um pouco da minha zona de conforto esse ano. Não posso dizer que essa experiência tenha conotação negativa, pois descobri diversos livros que normalmente eu não leria, e que no fim, eu adorei. Mas, o oposto também acontece.

E longe de mim estar aqui para ficar falando mal de livro ou autor, sendo que minhas resenhas refletem unicamente minha opinião pessoal. A imagem que escolhi para retratar o post aliás, é uma que eu achei na internet e que é mais uma brincadeira. Até porque, eu realmente não sou o tipo de pessoa que fica julgando se um livro é ruim ou não, mas sim se a leitura me agradou ou não. O fato de eu não gostar de um livro nem sempre é um problema do livro em si, certo?

Livros ruins pra mim são apenas aqueles que trazem certos temas ou narrativas que abordam situações como abuso, romantização de certas coisas que NÃO devem ser romantizadas, racismo, homofobia. Enfim, livros que trazem um desserviço para a sociedade.

Minha grande briga com algumas pessoas que conheço acontece ainda pela mania que elas tem de desmerecer quem lê livros de fantasia, livros YA, livros infanto-juvenis. Nunca acreditei que a leitura fosse necessária somente para os estudos. Acredito sim, que ela possa ser um lazer, e que ler um livro ‘menos inteligente’ – como alguns “intelectuais” gostam de pontuar – não é desmérito algum.

A crescente dos dias atuais é a dos pseudo-críticos literários que têm mania de chamar um livro de ‘idiota’ somente porque ele não traz palavras difíceis. Uma prova de toda essa babaquice é o fato desses pseudo intelectuais em colocar num pedestal livros ruins de autores consagrados só por serem por eles escritos. A parcialidade chega a doer. Acho engraçado essa premissa de que para ser ‘leitor de verdade’ você precisa ler Dante, Kafka,  Nietzsche, Marx, ou sei lá mais quem esse povo considera ‘leitura inteligente’.

Eu sempre digo que leio para descansar e me divertir. Longe de mim ler livro “difícil’’ nas horas que o que mais quero é relaxar. Um livro simples, calmo e leve, é tudo de bom nessas horas. Não torna ele menos livro.

Entretanto, não podemos deixar de lado nosso senso crítico e muito menos bom senso. Desde que se tenha argumentos e que não se utilize de palavras para humilhar, sempre podemos expressar nosso desgosto por alguma leitura sim.

Enfim, esse post é apenas um aviso pois decidi que precisava criar vergonha na cara e desafogar essas resenhas atrasadas de um jeito ou de outro. Não sei bem o motivo, mas senti a necessidade de justificar que as resenhas que estão por vir, com exceção de uma ou outra, serão resenhas curtas, sem muitos detalhes, mais explicando o porquê não ter gostado do livro em si.

Assim, espero conseguir resenhar os livros que faltam dos que li ano passado tanto os que eu gostei e os que não gostei, para então finalmente entrar nas resenhas dos livros de 2019, sendo que ainda pretendo postar minhas 12 metas de leitura escolhidas para esse ano, numa tentativa de impulsionar minhas leituras!

Anúncios

 [Diário] Livros novos, book haul, justificativas e aniversário!~

Olá gente!~

 Sim, eu sei. Tem bastante tempo desde meu último post. A verdade é que andei numa correria sem tamanho esses dias e quando tudo se acalmou, consegui ficar doente –a gripe me pegou de jeito –.

O motivo da correria foi o fato de que foi meu aniversário! Aeeee! Parabéns pra mim!!! Ou nem tanto né, porque estou ficando velha. Mas, vida que segue. O que importa é que ganhei livros de presente de aniversário e um vale-livro! Hoje trago para vocês os mais novos integrantes da minha estante!

Um dos livros que eu ganhei me deixou muito feliz e fascinada. Havia comentado com uma amiga que eu já havia lido esse livro diversas vezes mas que não possuía um exemplar para chamar de meu e que eu realmente queria um, mas sempre acabava deixando para depois sua compra, para poder adquirir livros que ainda não li. Esse livro é nada mais nada menos que: “O Pequeno Príncipe” de Antoine de Saint-Exupéry. Eu acho o livro muito lindo e sempre quis ter uma edição na minha estante e agora esse sonho foi realizado!

20180830_120608[1].jpg

Ganhei ainda os livros “O Enigma do Oito” de Katherine Neville. Confesso que não conheço a autora nem o livro, mas quando o vi na estante de uma feira de livros, fiquei curiosa. Minha amiga ficou sabendo e me deu ele também, junto com “O Pequeno Príncipe”. Vou demorar um pouco para ler ele, pois pesquisei e vi que ele é um livro complexo, cheio de citações históricas, que tem como cerne de seu enredo, um romance policial.

20180830_120530O outro livro que eu ganhei é “Sem lugar para se esconder – Edward Snowden, a NSA e a Espionagem do Governo Americano” do autor Glenn Greenwald. Outro livro sobre o qual não possuía conhecimento algum, por isso fiz algumas pesquisas sobre ele –sempre fugindo dos spoilers, claro – e descobri que ele é uma espécie de narrativa jornalística/investigação, sobre a espionagem exercida pela inteligência americana, e ainda, uma crítica, sendo ele baseado em fatos reais. Bem diferente dos livros que costumo ler, mas que aborda temas como o crime informático, a internet, tecnologias e investigação policial, temas que eu adoro.

20180830_120641Eu ganhei ainda um vale-livro que irei trocar em algum momento desse ano ainda, e assim que o fizer, trago aqui os livros escolhidos!

Outros itens que tem ligação com livros, a temática do blog, que eu ganhei foram: uma caneca do Harry Potter que é muito interessante pois ao ser preenchida com líquido quente, ela troca de estampa, e uma garrafa do Harry Potter também – esse povo me conhece mesmo lol -!

 

20180830_120815Ganhei ainda um caderno lindo, que possui uma capa estampada e em relevo, representando uma estante de livros! Nem preciso dizer que estou encantadíssima né?

Bom pessoas, é isso. Vim postar mais para dar sinal de vida e comentar dos livros novos da minha estante! Com a correria dando uma diminuída, pretendo voltar a postar minhas resenhas e dicas de curta logo logo! Tenham paciência comigo, por favor! J

20180830_120608[1].jpg

[Diário + Book Haul] the road so far (ou uma explicação devida do sumiço + o primeiro Book Haul do ano)

Olá gente!~

Sim, eu sou muito cara de pau de reaparecer no blog apenas 19 dias depois do início do ano e 19 dias desde o último post.

Confesso, pretendia atualizar o blog muito antes, mas fiquei enrolada com muitas coisas – estou tentando resolver minha vida agora nesse começo de ano – e acabei negligenciando o blog.

Vou dar meu máximo para trazer logo as resenhas que faltaram do ano passado e começar a atualizar as resenhas do novo ano, que vão demorar um pouquinho pra vir, considerando que não li basicamente nada que não fosse voltado para meus estudos nesses últimos dias. Preciso mesmo me organizar!

E, devo dizer, comecei o ano com novos livros na estante.

Apesar de ter inúmeros livros ainda do meu aniversário que eu ganhei e ainda não li, não resisti a uma visitinha ao sebo e comprei dois livros.

20180110_105309.jpg

Primeiramente, estava em busca de um livro em alemão, uma vez que tem algum tempo que venho estudando a língua e queria uma nova forma de treinar. Com isso, comprei o livro “Wie das Leben so spielt … 60 Kalendergeschiten von Heinrich Böll bis Karl Heinrich Waggerl” que se eu não me enganei na hora de tentar traduzir, é um livro que contém diversos textos de diversos autores. Comprei o livro mas ainda não consegui sentar para ler, uma vez que ainda estou no início dos estudos da língua alemã e dependerei muito do tradutor e do dicionário para tentar ler alguma coisa aqui, o que me demandará tempo e paciência.

Além disso, comprei o livro “Geração Beat” do autor Jack Kerouac. Li um livro dele que não chegou a ser resenhado no blog pois o li faz algum tempo, que é o livro “Viajante Solitário”.

E, como eu havia dito no meu post de encerramento de ano, eu fiz uma viagem inesperada no fim do ano para visitar uns primos, e minha prima me deu dois livros da coleção dela de presente – de acordo com ela: “Pra você não dizer que eu nunca te dei nada!” – e eu claro, adorei!

20180110_105252

Ganhei os livros “Garota, Interrompida” da autora Susanna Kaysen e o livro “Mentes Perigosas – O Psicopata Mora ao Lado” da autora Ana Beatriz Barbosa Silva, que aliás, é um livro que eu queria muito ler já havia algum tempo, desde que tive a matéria Psicologia Jurídica na faculdade, mas ainda não tinha tido a oportunidade!

As novidades são essas gente. Continuo enrolada com leituras, com resenhas, com os estudos e tudo mais. E ainda não tive tempo de conversar com a Naachan que também parece estar ocupada e ainda não teve tempo de aparecer por aqui para dar um oi para vocês!

Prometo que vou tentar ser mais constante nos posts, e mais, vou tentar de fato cumprir minha meta de leitura, que desde que eu estabeleci e comecei esse blog, nunca foi cumprida lol.  

[Diário] the road so far (ou recapitulação do mês que passou)

Olá, kika here again.

Hoje vim trazer a retrospectiva do mês de março! Gente, o tempo está passando rápido demais, não estou conseguindo acompanhar essa passagem ligeira do tempo, pisquei e de repente já era abril.

O mês de maro foi bem agitado pra mim. Prestei um concurso, tive provas no curso de alemão, comecei a escrever de fato o TCC da minha pós. Com isso, podemos já concluir que tive leituras escassas esses mês também.

Mas … finalmente conseguir finalizar uma leitura que estava me atormentando até não poder mais, o livro ‘O Jantar’ do autor Herman Koch. Levei meses pra conseguir terminar essa leitura, então já posso considerar março como um mês de vitórias para mim.

Além disso, li mais dois livros cujas resenhas já foram postadas aqui no blog. Trata-se da releitura do livro ‘Os 13 Porquês’ do autor Jay Asher, livro que á havia lido há algum tempo, mas que resolvi reler diante do lançamento da série da NetFlix nele baseada. Reli o livro mas ainda não tive tempo hábil para começar a assistir a série. Assim que eu ver, venho comentar sobre ela aqui com vocês – assim como venho promentendo a eras assistir ao filme “Eu Sou o Número Quatro” lol, um dia vai dar certo –.

Ainda, li um  dos livros mais encantadores – e um tanto confuso – de toda a minha vida. Trata-se do livro Luna Clara & Apolo Onze’ da autora Adriana Falcão. Um livro cheio de fantasia e com um toque de encanto que faz você começar a ler e não querer mais parar. Foi uma leitura que eu fiz principalmente porque estava precisando de algo pra me animar a continuar lendo, depois de ler tantos livros com conteúdos mais pesados. E, apesar de ser um livro fofo, devo dizer que ele é um tanto confuso, exige um pouco mais da anteção do leitor, não sendo tão fluído em sua leitura. Mas, acho que de certa forma isso traz um certo charme a mais a ele também.

As resenhas dos livros acima mencionados você encontra aqui!

Os 13 Porquês by Jay Asher

O Jantar by Herman Koch

Luna Clara & Apolo Onze by Adriana Falcão

Comentando sobre a vida do blog, além das minhas atualizações, a Naachan postou diversas tags e resenhas bem legais, que podem ser conferidas ao longo dos posts do blog.

Ademais,  ainda não comecei uma nova leitura – socorro meta de leitura ficando cada vez mais distante – mas, estou com um livro em casa, recomendado por uma amiga minha que disse que eu ‘precisava ler esse livro’, o que de certa forma despertou bastante minha curiosidade.

Que o tempo demore um pouquinho mais para passar, porque meus prazos estão começando a apertar! Mas que venha abril, com seus feriados e claro, com muitas boas leituras!

[Diário] the road so far (ou recapitulação do mês que passou)

Olá, kika here again.

Hoje vim trazer a retrospectiva do mês de fevereiro! Carnaval passou, e a rotina se estabelece novamente.

É até vergonhoso vir aqui falar sobre minhas leituras no mês de fevereiro, uma vez que li apenas um livro em 28 dias. Poderia dizer que estava ocupada, cheia de coisas para fazer e estudar, mas a verdade é que cheguei num ponto em que ler não estava mais me dando alegrias. Estou lendo o livro ‘O Jantar’ do autor Herman Koch – que já foi mencionado diversas vezes no blog, aliás, uma vez que estou enrolando para ler ele tem um tempão – e eu sou o tipo de leitora que ‘entra’ na história. E, as sensações que esse livro andam me passando são muito pesadas, deixando a leitura cansativa. Mas isso é coisa pra outra hora – para quando eu finalmente conseguir terminar de ler ele e então me obrigar a escrever sobre –.

O que importa é que li um livro no fim do mês – após ter deixado o acima mencionado de lado – e para tal li um bem levinho, com uma história simples e cheio de desenhos. Trata-se do livro Escola: Os Piores Anos da Minha Vida do autor James Patterson, que em breve devo estar trazendo a resenha por aqui. Esse livro por ser mais leve, me desestressou um pouco quanto as leituras, e espero que me ajude a pegar no ritmo de novo.

 Além disso, postei um total de 3 resenhas, completando finalmente todas as resenhas que fiquei devendo das leituras do ano passado.

São eles:

 

 

Procura-se Um Marido by Carina Rissi

Ser Feliz É Assim by Jennifer E. Smith

Amor Assassino by Bruna Pereira Caetano

Ainda, ao tentar organizar minhas leituras e arrumar minha estante, descobri um número absurdo de leituras pendentes sobre as quais mencionei aqui, e que sim, continuam pendentes lol.

Fevereiro foi um mês que no quesito leituras foi bem decepcionante, mas eu fiz bastante coisa nele, então não posso dizer que ele não foi proveitoso. Aliás, muita coisa aconteceu.

Estou tentando voltar a minha rotina de estudos e leituras, escrever tcc, fazer concursos, as aulas do alemão também voltaram em fevereiro, quis muito voltar a fazer aulas de japonês ao perceber que não lembro nada, tentei relembrar o espanhol, percebi que meu inglês anda, fraco, li muitos mangás – sim, a leitura que anda fraca é só a de livros, a de mangás anda de vento em poupa -, vi muitos animes e doramas.

Que março, apesar de ser um mês completamente apertado pra mim, com muito mais coisa pra acontecer, seja um mês melhor de leituras para mim. Iniciadas, várias leituras foram, então espero poder logo concluí-las.

[Diário] the road so far (ou recapitulação do mês que passou)

Olá~

O primeiro mês do ano se passou e fiquei pensando muito nisso esses dias, pelo fato de o tempo ter passado tão rápido. Por isso, resolvi fazer um post diário com uma recapitulação do mês que passou, sendo que pretendo fazer esse post nostalgia para todos os meses a partir de então.

O mês de janeiro costuma ser um dos melhores na questão ‘tempo de leitura’ para mim, mas esse ano de 2017 foi totalmente ao contrário. Visitas de amigos que moram fora, familiares, o tcc da pós-graduação –que aliás, to enrolaaada nele- e mais, leituras de mangás, voltei a assistir animes, assisti muitos doramas e viciei em joguinhos de celular. Por essas e outras li um total de 3 livros esse mês, apenas.

Os livros lidos foram:

Os Crimes ABC by Agatha Christie

Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo by Benjamin Alire Sáenz

A Mais Pura Verdade by Dan Gemeinhart

Dentre os três, o que mais me surpreendeu foi A Mais Pura Verdade de Dan Gemeinhart. Não esperava muita coisa desse livro quando iniciei a leitura dele, apesar dele ter muito boas recomendações, mas ao fim, foi uma grande e boa surpresa.

Como já havia dito em resenha, o livro que não chegou nas minhas expectativas foi Os Crimes ABC de Agatha Christie. Infelizmente, a narrativa do livro não funcionou para mim. Acho que foi uma das leituras mais sofridas que fiz nos últimos meses. Daquele tipo de leitura de ‘tenho que terminar de ler esse negócio’, muito mais do que eu querer saber o que acontecia na história, eu só queria que ela acabasse logo.

 Além disso, postei um total de 5 resenhas, que totalizam as resenhas dos livros lidos esse mês – acima mencionados – e dos livros A Extraordinária Garota Chamada Estrela (Stargirl #1)  by Jerry Spinelli e  Por Lugares Incríveis  by Jennifer Niven , livros que fiquei devendo do ano passado. Com isso, me restam ainda resenhar 3 livros que li em 2016, no final do ano, e que não tive tempo de postar aqui ainda.

No todo, janeiro não foi exatamente um mês muito proveitoso pra mim no sentido de leituras, mas não foi de jeito nenhum um mês ruim.

Infelizmente, ando um pouco fora de ritmo com leituras e estudos, preciso voltar a focar e tentar encontrar meu ritmo de novo. Espero que aconteça em breve. Enquanto isso, iniciei a leitura de vários livros, tanto no ano passado quanto esse ano, os quais estou lendo no meu tempo e assim que for terminando suas leituras, vou postando sobre eles no blog.

[Diário] De volta à realidade (das leituras e resenhas atrasadas xD )

Olá ~

Estou de volta – na verdade, voltei de viagem no sábado, mas desde então tudo tem estado bem corrido, só tive tempo de parar pra escrever agora – então, vamos de Diário de Viagem! Aeee!

E em meio a todo os caos que foi a eleição americana, o ENEM e outros desastres, estou por aqui com um novo post.

Bem, como eu havia dito, viajei para Curitiba para visitar uma amiga, aproveitando para turistar. Curitiba é uma cidade liiinda, cheia de lugares para conhecer. A arquitetura dos casas e prédios é linda, meio européia. Os parques e praças estão por todo lado. Devo confessar que joguei muito pokemón go quando estive por lá lol. Outra coisa que eu adorei que tem por lá são os diversos bistrôs e cafés. Gente, um mais legal que o outro.

Tive o imeeenso prazer de conhecer os Parques Passeio Público e Tanguá e o Jardim Botânico! Um lugar mais lindo que o outro!

Uma das coisas que mais fiz por lá foi lógico, explorar o roteiro gastronômico, ou seja, comi de monte!

Comida coreana, comida japonesa, visitei o Hard Rock Café Curitiba, visitei Cafés, Bristrôs e por ai vai.

Um dos lugares que eu mais gostei foi um bistrô e hostel. Passei um dia por lá e lanchei, no outro voltei pra almoçar xD.

Lá tinha esse cartaz muito legal, com essas frases que definem bem uma pessoa que adora viajar!

20161103_143947.jpg

Outro lugar muito legal por onde passei foi a Rua XV de Novembro, que possui um calçadão bem legal, cheio de lojas e que, bem no seu final, possui um bondinho conhecido como Bondinho da Leitura:

Apesar de ser considerado um dos pontos mais apreciados e simpáticos de Curitiba, o Bondinho da Rua XV de Novembro não é oriundo da capital paranaense e nem ao menos chegou a circular pelas ruas da cidade. Ele foi adquirido em Santos/SP para posteriormente ser restaurado.

Em Curitiba, o objetivo do Bondinho passou a ser abrigar crianças enquanto os pais realizavam compras ou outras atividades na região central da cidade. O local – que ficou carinhosamente conhecido Estacionamento de Crianças – oferecia atividades de entretenimento; pedagógicas; artísticas; entre outras. A ideia chegou a ser considerada pioneira em âmbito nacional.

Em 1986 a funcionalidade prática e inovadora teve fim e o Bondinho passou a ser utilizado – por um período de três anos – como Posto de Informações Turísticas da Secretaria Municipal de Turismo. Em 1989 o local voltaria a ser um ponto de parada para as crianças.

Atualmente, o Bondinho da Rua XV é utilizado para outra finalidade interessante. Em 2010, após uma revitalização, o espaço ganhou a denominação de “Bondinho da Leitura”. Há no local um acervo literário com mais de 2.500 obras que estão disponíveis para empréstimo gratuito e sem burocracia. Basta apenas apresentar um documento de identificação e informar o endereço correto. O Bondinho também oferece ambiente tranquilo para a leitura.

O Bondinho da Leitura fica aberto de segunda a sexta-feira das 8h30 às 19h30, e aos sábados das 8h30 às 14h30. Ele fica na Rua XV de Novembro, esquina com a Rua Ébano Pereira. (retirado do site http://www.centrohistoricodecuritiba.com.br/bondinho-da-rua-xv-de-novembro/ )

O espaço é bem pequeno mas bem interessante. Lá eu vi um livro que despertou minha curiosidade, me fazendo sentar no banco que tem lá dentro e ler por quase uma hora. Trata-se do livro Fahrenheit 451 de Ray Bradbury, e devo dizer que li quase 100 páginas dele bem ali, de tanto foi que ele me entreteve. Agora, estou atrás dele para poder completar a leitura lol.

Quanto aos livros que tinha selecionado para ler durante a viagem, li muito pouco. Queria aproveitar cada detalhe possível da viagem, e então a noite estava sempre capotada de cansada.

Resenhas então, nem tive tempo de pensar em escrever elas. Eu vou tentar aproveitar o feriado que vem aí para colocar meu tcc da pós em dia e tentar escrever algumas resenhas que estão mais do que atrasadas.

Bom, é isso gente. Viagem feita, viagem relatada, viagem que deixou saudades TT-TT.

P.S.: E esperando ansiosa pelo lançamento do último livro dos Legados de Lorien, que já saiu em inglês, e que eu comprei na pré-venda já tem uma eternidade – um mês lol – e que deve sair dia 11 desse mês *-*

[Off-Topic – Diário] Viagem à vista (sobre diários de leitura de viagem, ou uma tentativa dela)

Bom dia!~

Hoje sem resenhas ainda, vim aqui para atualizar para informar que estou partindo em viagem hoje. Sim, a Naachan chegou e eu estou indo. MAS, longe da chiqueza da viagem dela, que foi para os States, eu irei fazer uma viagem mais modesta. Estou indo para Curitiba visitar uma amiga e claro, para passear muito, já que eu nunca fui para lá.

Vou ficar por lá até sábado, e aliado aos passeios, tenho alguns trabalhos da pós-graduação para fazer, então já me arrisco em dizer que uma atualização nesse período vai ser bem difícil. Aliás, ler também vai ser bem raro, eu acho. Mas sempre se dá um jeito.

Então, vamos ao outro motivo dessa atualização. Vim aqui falar sobre os livros que separei para ler durante a viagem – até porque, vou fazer escala tanto na ida quanto na volta, então vou ter um tempinho ocioso – não que eu vá de fato conseguir ler muita coisa.

Eu já estou lendo alguns livros, mas como não queria ficar carregando muito peso, escolhi um livro físico e um e-book, sendo que o e-book eu já comecei a ler.

O e-book trata-se do livro Zodíaco do autor Robert Graysmith, que fala sobre o serial killer Zodíaco, que teve seus atos manifestados nos EUA. Eu particularmente gosto muito dessa temática, sendo fã de séries como CSI e Criminal Minds, e ainda, depois de ter tido as matérias de Criminologia e Psicologia Jurídica na faculdade.

20161101_0045431

O livro físico que estou levando comigo é O Jantar do autor Herman Koch, sobre o qual comentei no último unboxing. Aliás, nesse post eu havia dito que tal livro estaria no final da minha lista de – muitos, devo dizer – livros para ler, e que ele teria que esperar um pouco. Bem, eu resolvi passar ele na fila, pois se trata de um livro não muito grande, sendo leve de carregar. O objetivo era levar o Cidade dos Etéreos comigo, já que ele está na minha estante me encarando tem um tempo, mas como esse é da edição de capa-dura, ele é um pouco pesado, o que contraria minha tentativa de praticidade na viagem.

Bom, é isso. Estou ansiosa pela viagem, pelas leituras, pelos passeios. Não sei ainda se vou visitar alguma biblioteca ou livraria por lá, mas o objetivo é tentar não comprar nenhum livro para trazer, já que eu tenho uma pilha de livros encalhada em casa para ler. Mas nunca se sabe né?

[DIÁRIO] Turistando em New York

ny

Então, como podem ver pelo título…estou indo viajar!!! Exatamente hoje, dia 18/10, estou indo para a cidade de New York, EUA. Sairei daqui da minha cidade as 18:15 por aí, e chegarei lá somente às 13 horas do outro dia!

Estou muuuuuito ansiosa com a viagem…tipo, é minha primeira viagem para o exterior!! É muito emocionante hahahhha!! A ideia inicial era Orlando…conhecer os parques…*Harry Potter!! No fim, decidimos por NY!

Vou com dois amigos meu e ainda vou encontrar meu irmão por lá…não, ele não mora nos EUA…está lá para o Ciências sem Fronteiras. Tem coisa melhor que viajar com amigos??

novayork_broadwayAnotamos todos os lugares que queremos conhecer enquanto estaremos lá, e bom…são muitos lugares mesmo!! Conforme eu for passeando, tentarei ir postando as novidades por aqui também! *se conseguir acesso a um notebook, porque não estarei levando o meu…*

Ah! Falando em notebook, não levarei um..mas voltarei com um novo de lá, pretendo pelojersey menos, se o dinheiro permitir…hahahha! Por que, né? Vou a um outlet…e como me controlar???

Nesse exato momento que estou escrevendo, a minha mala ainda não esta pronta! Vou com ela vazia…serão 9 dias, e estou levando apenas 5 blusas, 2 casacos, 1 calça, 1 chinelo…e produtos de higiene, meias e talz. Levar pouco pra caber mais na volta! *Não vo tirar foto da bagunça que esta no momento ao redor da mala decidindo as blusas que irão*

Voltarei com bonequinhos Funko, livros novos em inglês *não que eu leia livros em inglês, mas pretendo começar*, roupas novas…cosméticos!!! Ai olha, não sou muito de maquiagem, mas não consigo não comprar…isso acontece com vocês também?

Enfim, não sei se conseguirei postar resenhas durante esses 9 dias, ou qualquer outra coisa, então talvez fique um pouco ausente…mas se conseguir um pc por lá. procurarei postar…se não der, quando voltar posto tudo sobre a viagem aqui pra vocês! Ah, e as resenhas também!!

Gente…vou parando por aqui, porque tenho que termina de arrumar logo a mala!!

[OFF-TOPIC – DIÁRIO] RIDDLE DIÁRIO (ou como um quiz sobre Harry Potter tem tirado o sono de muitos Potterheads)

 

Vim até aqui não para postar uma resenha – sim, eu seeei, estão atrasadas – mas é por uma boa causa . Esses dias foi colocado no ar um jogo feito por fãs de Harry Potter para fãs de Harry Potter, que se chama ‘Riddle Diário’, que você pode acessar aqui: RIDDLE DIARIO !

Screenshot_2016-08-02-20-41-11.png

Esse jogo foi criado por dois Pottherheads e tem um perfil oficial no twitter aqui Riddle Diario – Perfil Oficial Twitter .

Ele funciona no esquema dos jogos de Riddle, em que se tem em uma página normalmente uma imagem, uma frase e dicas escondidas. Tudo isso que se encontra na página serve para encontrar a resposta para a próxima fase do jogo.

Então, a resposta é escrita na URL da página após a barra que a sucede. No caso, no Riddle Diario, consta nas regras ainda, que deve-se colocar o número da fase que você se encontra ANTES da resposta, por exemplo: “www.riddlediario.com/00resposta. Mas a fase aparece pra você em todas as pages que abrem, então não precisa ficar decorando não ^^.

Eu levei aproximadamente 3 horas para finalizar a primeira parte do jogo, que é chamada de ‘Primeiro Ano’, que contém 30 fases. Pelo que eu li, serão lançados com o tempo, todos os outros seis anos, que correspondem aos anos estudados em Hogwarts, e eu claro, mal posso esperar pelos próximos.

É verdade que é necessário ter um conhecimento grande em Harry Potter, em infos lançadas durante toda a saga, mas é ainda mais importante a capacidade de encontrar todas as dicas, entendê-las e ligá-las, para que assim se consiga desvendar a resposta. Nem sempre o conhecimento em Harry Potter basta.  Ter uma boa habilidade de busca de informações em sites de pesquisa é também muito útil.

Para mim foi tranquilo me adaptar com a forma que o jogo se apresenta, pois eu já estou acostumada a jogar esse tipo de jogo há algum tempo – tipo uns 10 anos – o que facilitou meu entendimento de onde procurar as dicas e como pesquisá-las.

E nem por isso foi uma tarefa fácil, devo dizer. Tiveram algumas fases que quase me fizeram jogar o computador pela janela lol e confesso, teve uma que eu passei por chute. Não sabia a resposta com certeza, e fiquei escrevendo várias coisas que pareciam com as dicas, até que foi. Sim, nada muito digno.Co0_qE5W8AA7dFV (1).jpg

Eu sou um pouco sistemática então anoto as dicas enquanto penso na resposta, como se estivesse resolvendo uma prova de verdade. Se eu estudasse assim . . . pois é.

E a conclusão que eu cheguei após terminar o jogo foi de que valeu a pena. O jogo é super divertido para quem é fã da saga Harry Potter, e para quem gosta de desafios de lógica também. Super recomendo. Mas já aviso, se preparem, que vai ter choro, vai ter raiva e vai ter frustração xD.

paginafinal.jpg
Depois de muito quebrar a cabeça, essa é a última tela que aparece ❤